O cantor Nego do Borel está sendo alvo de um processo por causa de uma “brincadeira” com uma senhora no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, em 2014.

De acordo com informações do portal UOL, a vítima, uma idosa de 61 anos, identificada como Hilda de Britto Champoudry, pede na Justiça indenização de R$ 95 mil por danos morais, após ter sua imagem exposta na internet. Ainda, ela pleiteia a retirada da filmagem da web.

Na ocasião, Borel, além de assustar a senhora, gravou o momento e divulgou nas redes sociais.

“Usando um agasalho com capuz, atirou-se sobre ela, gritando, como se fosse tombar sob ela, saindo às gargalhadas, sob o riso e gracejos de outras pessoas que o acompanhavam, causando-lhe um grande susto, que desencadeou uma aceleração cardíaca, só controlada após fazer uso de calmante”, alega a advogada de Hilda.

A defesa de Hilda diz ainda que a vítima ficou surpresa ao saber que um vídeo do momento começou a repercutir nas plataformas virtuais, expondo-a, fato que a deixou “constrangida”.

Por meio de nota, a assessoria de imprensa de Nego do Borel informou que o processo é antigo e reiterou que o artista ainda não foi notificado, “por isso não temos conhecimento das alegações e não tem como o Nego falar sobre o assunto”. A audiência ainda não foi marcada.

 

Crédito: CATRACA LIVRE

No Banner to display

Os comentários estão fechados.