Allan Mesquita, repórter do 3 Poderes Mato Grosso

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

O combate ao Machismo deverá ser conteúdo obrigatório na grade de ensino pedagógico dos Mato-grossensses. Apontado pela deputada Janaina Riva (MDB), o Projeto de Lei (PL) foi aprovado durante sessão plenária na Assembléia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) e será aplicado em toda rede de ensino estadual de Mato Grosso.

O decreto foi aprovado pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) e propõe a criação de uma equipe multidisciplinar para promover atividades didáticas, informativas, de orientação e conscientização sobre os direitos das mulheres, bem como estimular o combate ao machismo.

De acordo com a deputada Janaina Riva, se a proposta foi sancionada, os conteúdos de combate ao machismo e à violência doméstica e contra mulher deixarão de ser facultativos. “Com a aprovação da lei, as escolas terão que obrigatoriamente debater o assunto e alertar sobre as diferentes formas de manifestação da violência”.

Após aprovação da CCJR, o PL 56/2017 será encaminhado para segunda apreciação em plenário e depois deverá ser enviado para sanção do governador.

Crédito: Com informações da Assessoria

Powered by WP Bannerize

Os comentários estão fechados.