Reprodução

A Escola Estadual Ferreira Mendes, no bairro Boa Esperança, promove a exposição de artes e cultura “Raízes”, até o dia 20 de março. A abertura do evento ocorreu na nessa terça-feira (13) com a participação de alunos e profissionais da unidade.

Além da exposição, que conta com obras das artistas plásticas Gilda Portella, Meg Marinho e Paty Wolff, também serão realizadas oficinas de desenho, ilustração e fotografia, com a participação do artista visual João de Almeida.

A programação segue nesta quarta-feira (14) com a oficina “Fotografias com Celular”, das 8h às 10h, e na quinta-feira (15) com as oficinas “Do Desenho à Ilustração”, das 8h às 11h, e “Arte ou Rabisco? Pintando Emoções”, das 13h às 17h. Já a exposição com as obras segue até o dia 20.

Conforme a professora Ilkilene Taques, coordenadora do Programa Ensino Médio Inovador (ProEMI), a exposição de artes retrata o universo infanto-juvenil e de mulheres negras anônimas. Retrata ainda, o cotidiano das próprias artistas e a história de mulheres brasileiras e mato-grossenses.

“Mulheres e crianças que personificam alegrias, dores, lutas, esperança e reflexões sobre a negritude, além de aspectos culturais da matriz africana. Mostra como o universo feminino negro e suas raízes são fortes e influentes na história e na nossa cultura”, observa a professora.

A coordenadora pedagógica da escola, Cristiane Novais, explica que o projeto Raízes visa despertar nos alunos o interesse pela cultura e pela arte. “Além de despertar o pensamento crítico para a arte, queremos sensibilizá-los em relação ao respeito às diversidades e suas raízes”.

Crédito: Seduc

No Banner to display

Os comentários estão fechados.