Programa Cidade Educadora é lançado e nova biblioteca é inaugurada em Juína

Sob o comando da jovem pedagoga e coordenadora do Programa Municipal de Fomento à Leitura, Patrícia Itaibele, a nova Biblioteca de Juína que foi reinaugurada hoje, 01 de abril, assume o mais desafiador de seus compromissos: transformar Juína em uma Cidade Educadora. A deputada federal Profa. Rosa Neide incentivadora do projeto veio especialmente em Juína para este momento.

“A Cidade Educadora deve ocupar-se prioritariamente com as crianças e jovens, mas com a vontade decidida de incorporar pessoas de todas as idades, numa formação ao longo da vida e transformadora. Estou extremamente feliz em saber que uma biblioteca vai conduzir todo este processo”, frisou a deputada.

O prefeito Altir Peruzzo falou sobre este novo desafio.

“Em dois anos esta Biblioteca reabriu suas portas e provou que era capaz de muita coisa, confesso que eles me surpreenderam em muitos sentidos e já superaram todas as metas solicitadas. Agora chegou a hora de um novo desafio: fazer de Juína, uma Cidade Educadora.  Para isso, destinaremos os recursos financeiros e humanos necessários para que eles cumpram mais esta tarefa que só tem a beneficiar nossa população”, disse o prefeito.

A Biblioteca de Juína que já tem suas ações alinhadas à agenda 2030 da ONU – Organização das Nações Unidas, vai se filiar a rede internacional de Cidades Educadoras, tornando-se a 17ª no Brasil e a 483ª no mundo

Em 2018, o município de Juína criou o Plano Municipal do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas, tornando-se o segundo do Brasil a ter uma lei que destina recursos financeiros e humanos para este segmento.  Até aquele momento, apenas o município de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro, tinha um plano neste formato.

Entenda o que é uma Cidade Educadora

Uma Cidade Educadora é aquela que, para além de suas funções tradicionais, reconhece, promove e exerce um papel educador na vida dos sujeitos, assumindo como desafio permanente a formação integral de seus habitantes. Na Cidade Educadora, as diferentes políticas, espaços, tempos e atores são compreendidos como agentes pedagógicos, capazes de apoiar o desenvolvimento de todo potencial humano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *