Polícia Civil prende 4 e apreende 100 quilos de maconha na BR 364

Assessoria | PJC-MT

Um carregamento de mais de 100 quilos de maconha foi apreendido em ação da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), da Polícia Judiciária Civil, e Polícia Rodoviária Federal (PRF), na madrugada desta sexta-feira (29.03).

Quatro homens foram presos e dois veículos apreendidos, sendo um desses carros produto de furto. Os suspeitos, Ricardo Junior Costa, conhecido como “Kenken”, Josué do Carmo Ferreira, Danilo Fernando Baldini e Leandro José Barbosa dos Santos, foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação criminosa e receptação.

A droga vinha do Estado de Mato Grosso do Sul para ser distribuída na região metropolitana de Cuiabá. O carregamento foi interceptado pelos policiais, em ação integrada na Rodovia da BR 364.

A apuração começou com denúncia sobre uma possível carga de droga, que era transportada por dois veículos e um caminhão baú. Segundo as informações, a droga era trazida do estado vizinho, Mato Grosso do Sul, com destino a Cuiabá.

“Policiais da DRE saíram de Cuiabá sentido Rodovia BR 364, onde passaram a vistoriar e observar Postos de Combustíveis e outros pontos possíveis para localização dos veículos mencionados”, disse o delegado titular da DRE, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira.

Conforme o delegado, quase chegando do município de Rondonópolis foi possível encontrar dois veículos Fiat, sendo uma Strada e um Pálio, com as características suspeitas. O Pálio seguia com três homens e o veículo Strada outros dois ocupantes.

O Pálio era dirigido por Danilo e tinha como passageiro Josué. O terceiro ocupante do carro conseguiu fugir.

O automóvel Strada era conduzido por Leandro e como passageiro estava Ricardo. No interior do veículo, no banco traseiro estavam 100 tabletes de maconha. Em checagem foi percebido sinais de adulteração do número do chassi, tratando-se de um veículo Strada furtado em novembro de 2018 em Cuiabá.

Os quatro suspeitos e os veículos foram conduzidos à DRE, interrogados e autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação criminosa e receptação.

Conforme o delegado da DRE, Vitor Hugo Bruzulato, o alvo principal da ação é um caminhão Baú, que acompanhava os dois veículos, objetos principal, porém não foi localizado.

“As diligências continuam para apurar e localizar o foragido, bem como aprofundar as investigações, para que possamos identificar e prender outras pessoas que possivelmente estão envolvidas no suporte e esclarecer completamente da onde saiu essa droga e para onde seria distribuída na capital”, finalizou Vitor Hugo Bruzulato.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *