BAGUNÇA EM BRASÍLIA: Senadores devem aprovar engessamento de Orçamento da União. Confira outras informações na coluna JPM

BASTIDORES AGITADOS

O governo pode sofrer uma derrota  no Senado Federal, após ser derrotado na Câmara dos Deputados com a votação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que engessa ainda mais o Orçamento da União, Se continuar a ausência de articulação política  no Congresso Nacional a tendência é que o governo também perca no Senado. O texto será apreciado na quarta-feira, 3, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, onde começará a tramitar. Segundo aliados, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), deve entregar a relatoria da matéria ao senador aliado Marcos Rogério (DEM-RO). Conforme a coluna apurou, o Palácio do Planalto já preparta uma operação para derrubar a PEC no Senado

GARANTIA

Líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), disse que a PEC será votada no plenário logo após apreciação do colegiado:. “Havia pressão de alguns líderes para que a matéria pudesse ser analisada ainda hoje no plenário, mas prevaleceu o bom senso do apelo que fizemos para que primeiro fosse vista na CCJ, após a avaliação dos desdobramentos dessa decisão”.

MOURÃO INQUIETO

Preocupado com a situação dos bastidores político em Brasília, que pode enfraquecer o governo, o vice-presidente Hamilton Mourão reafirmou a importância da aprovação da reforma da Previdência para o andamento econômico do país. “É simples. Estamos vivendo muito mais e, se não fizermos nada agora, a juventude que está aí vai olhar para a gente e perguntar onde estávamos. Se não fizermos isso, romperemos o pacto de gerações”, frisou, durante evento, ontem, de relançamento da Frente Parlamentar do Comércio, Serviços e Empreendedorismo.

 

RECURSOS GARANTIDOS

O SOS financeiro aos Estados está garantido.O ministro da Economia, Paulo Guedes disse que o governo federal já separou R$ 10 bilhões para um plano de equilíbrio financeiro a Estados, Ele destacou ainda  que o plano deverá ser anunciado em menos de 30 dias.Durante audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, Guedes afirmou que esse montante pode ser ainda maior caso a reforma da Previdência seja aprovada no Congresso. A ideia, com a iniciativa, é dar fôlego financeiro a governadores que foram vítimas de “heranças” que receberam de seus antecessores, acrescentou

PAZ E AMOR

Parece que as desavenças entre o legislativo e executivo estão com os dias contatos.O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, recebeu em sua casa na manhã desta quinta-feira (28) o ministro da Justiça, Sérgio Moro, onde conversaram sobre o pacote anticrime. O encontro foi mediado pela líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann, que afirmou que os dois selaram a paz.

OPINIÃO DA LÍDER

“Golaço! O pacote anticrime do nosso governo Jair Bolsonaro idealizado pelo nosso ministro Sérgio Moro e caminhará a passos largos na Câmara dos Deputados e juntamente será analisado no Senado. As duas casas trabalharão ao mesmo tempo. O compromisso da celeridade na Câmara foi assumido hoje durante café da manhã comigo e Moro na casa do Presidente da Câmara, Rodrigo Maia”, escreveu Hasselman na publicação que fez em seu próprio Instagram com fotos ao lado de Moro e Maia.

CLIMA HOSTIL

A temperatura subiu no Congresso Nacional. Sete dos 22 ministros do governo Jair Bolsonaro participaram nesta quarta-feira, 27, de audiências no Congresso para dar explicações sobre seus trabalhos à frente das respectivas pastas. Diante do clima hostil entre governo e parlamentares, enfrentaram protestos e perguntas mais ríspidas, mas também houve recepções amistosas, com direito a selfie.

TUDO MEU

Marcela Temer,  mulher de Michel Temer (MDB), pediu ao juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal, que devolva seu celular, seu iPad, um talão de cheques e um contrato de locação apreendidos pela Operação Descontaminação – desdobramento da Lava-Jato que investiga o ex-presidente por suposta propina milionária nas obras da usina de Angra 3, no Rio. Marcela Temer afirma que o mandado de busca da Polícia Federal pegou bens de seu “uso exclusivo” e “extrapolou os limites fixados”

 

LUZ NA INFÂNCIA

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quinta-feira (28) a 4ª fase da Operação Luz na Infância, que investiga crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet.Nesta fase são investigados crimes de armazenamento, compartilhamento e produção de pornografia infantil.Foram expedidos 266 mandados de busca e apreensão nos 26 Estados e no Distrito Federal. Apesar de não existirem expedições de mandados de prisão, ocorreram prisões em flagrante de suspeitos de armazenar e compartilhar material encontrado nas residências onde são feitas as buscas.

OBS: O Ministério da Educação entra na fila para obter registro no Livro dos Recordes: foram 12 demissões no alto escalão em três meses da gestão Vélez

DÓLAR

Moeda está em valorização em todo o mundo, mas no Brasil alta é turbinada pela desconfiança do mercado sobre reforma da PrevidênciaDepois do rali de quarta-feira, motivado sobretudo pela desconfiança do mercado sobre o futuro da reforma da Previdência, o dólar à vista iniciou esta quinta-feira, 28, superando os R$ 4 nos primeiros segundos de negociação. Desde outubro do ano passado, o real não se desvalorizava tanto.A última vez em que o dólar superou esse patamar foi em 1º de outubro, quando o mercado ainda estava suscetível à incerteza de quem venceria o primeiro turno das eleições.

FRASE DO DIA

“No caso de Brumadinho, posso afirmar categoricamente, que jamais chegou ao meu conhecimento nenhuma denúncia pelos canais oficiais da empresa ou quaisquer outros, nem mesmo os anônimos, relatando risco iminente de rompimento de barragens”, afirmou.o ex-presidente da Vale,o ex-presidente da Vale Fabio Schvartsman, nesta quinta-feira 928)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *