Educador indígena

O processo de formação de educadores indígenas, bem como as ações desenvolvidas por esses profissionais no contexto de uma educação escolar específica, diferenciada e intercultural, representa uma tarefa desafiadora que trilha por um caminho marcado por conceitos, concepções e metodologias que propiciam um ambiente cauteloso, que deve seguir dando um passo de cada vez, para que possamos formular propostas que conduzam a ações efetivas e em consonância com o que pensam e desejam as diversas comunidades indígenas que vivem em nosso país.

Os indígenas ressaltam que, no seu entendimento um educador qualificado para a escola da aldeia consiste naquele que consegue fazer com que as crianças da comunidade aprendam a falar e a escrever na língua indígena, ou seja, na língua materna de cada etnia.

A proposta de formação de um professor indígena deve estar fundamentada numa educação específica e diferenciada, voltada à realidade das comunidades indígenas, num constante diálogo intercultural entre os diversos saberes, com o objetivo de instrumentalizar os professores indígenas para o exercício da docência respeitando a cosmovisão e os valores das diferentes etnias. Os indígenas ressaltam que, no seu entendimento um educador qualificado para a escola da aldeia consiste naquele que consegue fazer com que as crianças da comunidade aprendam a falar e a escrever na língua indígena, ou seja, na língua materna de cada etnia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *