OAB-MT se mobiliza para o enfrentamento às drogas

A Comissão de Política sobre Drogas da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) deu o primeiro passo para a criação e uma agenda positiva de ações para o enfrentamento do uso de drogas no Estado.  Foi realizada uma reunião com a Comissão de Direito Carcerário e advogados para apresentação, pelas entidades engajadas no tema, dos projetos e programas que já são desenvolvidos.

“É preciso que a OAB-MT seja líder com relação a essa questão social, dando apoio jurídico Às instituições que necessitam, mas também fazendo as cobranças que são necessárias fazer”, destacou o presidente da comissão de Políticas sobre Drogas, Nestor Fidelis, lembrando o papel social da Ordem como representante da sociedade civil.

Durante o encontro foram apresentados por representantes das polícias Judiciária Civil (PJC) e Militar (PM) os programas de Erradicação e Resistência às Drogas (Proerd) e o De Cara Limpa Contras as Drogas, com dados sobre o trabalho já desenvolvido em Mato Grosso. Diante do que foi exposto, a comissão estudará as atividades que podem ser realizadas para apresentar uma agenda de ações.

“Vamos trabalhar nas atividades de prevenção às drogas dando o apoio necessário como fiscal social que a OAB-MT também é. Hoje nosso foco foi a prevenção. Vemos que tanto há por fazer nesta área e temos condições de fazer esse trabalho interno, trazendo programas e projetos sociais que possam ser estendidos à sociedade”, explicou.

De acordo com Nestor Fidelis ainda serão debatidas outras frentes das ações das políticas sobre drogas para trabalhar, como a questão do tratamento, por exemplo, que ainda carece de regulamentação em Mato Grosso e será tema do próximo encontro.

O advogado ainda lembra que as drogas alcançam, direta ou indiretamente, todas as famílias. “Basta você ver que em casa as pessoas estão cada vez mais consumindo remédios para dormir, acordar, comer, fazer sexo; nas estradas, para dirigir e se manter acordado, ou seja, a droga está em todo lugar”.

Assessoria de Imprensa OAB-MT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *