Prefeito de Barra do Garças é recebido por Mauro Mendes e expõe crise na saúde

O prefeito de Barra do Garças, Roberto Farias, foi recebido em audiência pelo governador Mauro Mendes, no Palácio Paiaguás, em Cuiabá, para discutir a crise na saúde municipal, que levou a Prefeitura a devolver o Hospital e Pronto Socorro Milton Pessoa Morbeck ao Estado. O diálogo foi positivo com perspectivas de pôr fim aos constantes atrasos dos repasses ao município.
Acompanhado pelo deputado estadual Max Russi, o prefeito explicou ao governador as dificuldades que a Prefeitura vem enfrentando para custear as despesas de média e alta complexidade do hospital e garantir o atendimento médico-hospitalar aos pacientes de 40 municípios de Mato Grosso e Goiás.
Roberto Farias lembrou que o Estado deve R$ 14,1 milhões a Prefeitura entre os anos de 2013 e 2019, sendo R$ 8 milhões somente de 2018 e ainda dois repasses no valor de R$ 800 mil referentes aos meses de janeiro e fevereiro deste ano. “Detalhamos as dificuldades e pedimos a regularização dos repasses, além da regularização dos repasses mensais”, disse.
O governador Mauro Mendes reconheceu a inadimplência do Estado, pediu ao prefeito um voto de confiança pelo fato de ter assumido o governo há menos de três meses, e ordenou imediatamente, a liberação de R$ 800 mil para a média e alta complexidade.
“O dinheiro não é suficiente para resolver os problemas que enfrentamos para manter o hospital em funcionamento, mas ao menos é uma luz no fim do túnel. O governador nos prometeu que daqui pra frente não haverá mais atrasos e que vai quitar a dívida dos anos anteriores de acordo com as condições financeiras do Estado. Portanto, foi uma agenda positiva e reafirmamos aqui, o nosso compromisso na valorização da saúde e o respeito ao povo de Barra do Garças e do Vale do Araguaia”, destacou Roberto Farias.
O prefeito Roberto Farias fez questão de reconhecer o trabalho do deputado Max Russi durante a audiência com o governador. Segundo ele, o parlamentar foi extremamente importante no diálogo com Mauro Mendes ao explicar a situação da saúde de Barra do Garças e informar que, se algo não fosse feito, o atendimento no hospital entraria em colapso total pela falta de recursos.
Embora seja ‘bancado’ pelo município de Barra do Garças, com uma despesa mensal de aproximadamente R$ 3 milhões, o Hospital e Pronto Socorro Milton Morbeck funciona como regional, atendendo pacientes de 30 municípios de Mato Grosso e 10 de Goiás. A unidade é a única, no raio de 400 km, equipada com leitos de UTIs e quadro de profissionais nas mais diversas especialidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *