Família de São Paulo retoma contato com parentes em Lucas do Rio Verde após 30 anos

Assessoria | PJC-MT

Familiares que estavam sem notícias um do outro há mais de 30 anos voltaram a ter contato novamente após mais uma investigação realizada pelo Núcleo de Pessoas Desaparecidas, da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso. O trabalho reaproximou parentes que residem no Estado de São Paulo de primos da cidade de Lucas do Rio Verde (MT).

Morador de São Paulo, Capital, Wellinton Costa, entrou em contato com o Núcleo de Desaparecidos da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), através da Rede Social Facebook, na página, Polícia Civil MT – Pessoas Desaparecidas, solicitando ajuda para localizar parentes de sua mãe. De acordo com o comunicante, a sua mãe de 56 anos, não tinha contato com familiares há mais de 30 anos.

As últimas informações que Wellington e a mãe tinham é que a família morava no Estado de Mato Grosso, além de um documento de certidão de óbito de uma tia com data de 24 de junho de 2017. O atestado de óbito chegou às mãos dos familiares, quando a mãe de Wellington foi fazer um cadastro e teve o nome confundido com o da irmã falecida, por serem muito parecidos.

Com base nas informações, a equipe do Núcleo de Desaparecidos iniciou as investigações, realizando o rastreamento em diferentes sistemas disponíveis.Durante os levantamentos, os policiais encontraram uma prima da família, moradora da cidade de Lucas do Rio Verde, momento em que os parentes tiveram a oportunidade de se comunicar novamente.

Aos policiais do Núcleo, Wellington relatou que em breve vem ao Estado para encontrar os parentes. “Uma das primas da minha mãe ligou e agradeceu muito o trabalho desenvolvido por toda equipe da Polícia Civil. Eu e a minha mãe estamos muitos felizes em ter notícias dos nossos familiares. Agora estamos providenciando as condições para poder visitar os parentes em Mato Grosso”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *