Da Redação

Continua sem identificação o corpo da mulher morta a pauladas e pedradas em Várzea Grande, na madrugada desta sexta-feira (11). Policiais foram acionados por volta das 2h da manhã quando se depararam com o corpo da vítima jogado no meio da mata, próximo a um esgoto, na divisa dos bairros Vila Arthur e Jardim Glória 1.

A vítima foi morta por espancamento, com emprego de pedaços de paus e pedras e sofreu afundamento de crânio. O local onde ocorreu o crime é afastado e escuro, sem residências próximas.

Mas, segundo testemunhas, a vítima teria sido atacada por três homens, que depois do crime fugiram. O caso será investigado por equipe da delegada Alana Cardoso, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

A Polícia não descarta que a vítima seja uma usuária de drogas e a execução tenha partido de outros usuários. Até agora o corpo continua sem identificação, junto ao Instituto de Medicina Legal (IML) da Capital.

Este é o segundo assassinato de mulher em Várzea Grande em menos de uma semana. Na noite de sexta-feira (4), a ex-presidiária Janieth Aparecida Felisbina Rodrigues, 32, foi executada a tiros, no Parque Paiaguás. O crime ocorreu por volta das 19h e o filho adolescente dela foi quem localizou o corpo logo depois.

No Banner to display

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados*

"Os comentários não representam a opinião do site GPSnotícias e são de responsabilidade do autor.
As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação."

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>